Des encontro

magrela - terremoto

Ela mora longe do lugar onde chamo lar e que à muito tempo construo o que chamo eu

Ela existe em mim e existe assim, existe enfim, imagino assim que saiba bem do eu

Ela cresce só e as coisas tortas ao redor parecem destruir muito do que adoro eu

Ela sonha mais alto do que não sei olhar, meu problema é esse, só tenho eu

Ela entende meus limites ,  as crises e lágrimas, mas ainda só falo eu

Ela distante do momento e nem tento ser mais manco do que eu

Ela não entende quando digo tudo no silencio do meu eu

Ela precisa ser amada por alguém melhor que eu

Ela tem amigos e amores e o ausente sou eu

Ela é tão linda que nela não cabe meu eu

Ela é mais poderosa do que eu

Ela é maior que eu

Ela sabe do eu

Ela sobre eu

Ela e

 

 

 

 

 

eu

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s