Fundamento

Arvore-da-Vida-22Abr2011_230000000000000

Amados, sei que dentro dos meios cristãos existem muitas discussões sobre o que é o fundamento da fé. Algumas pessoas hoje resistem a essas discussões devido os conflitos históricos que elas produziram.

O receio é bastante compreensível tendo em vista que pessoas morreram por causa disso, no entanto, o que a busca por um fundamento de fé representa a final? Ao meu ver nada além do que a busca para o anseio de todo ser humano: IDENTIDADE.

Saber responder qual a sua fé é definir também quem você é, podemos perceber isso no primeiro capítulo da carta aos Romanos escrita pelo Apóstolo Paulo:

Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.
E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.
Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si;
Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.
Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.
E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm;
Estando cheios de toda a iniqüidade, fornicação, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade;
Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães;
Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia;
Os quais, conhecendo o juízo de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem.

Romanos 1:22-32

O texto mostra como o objeto da nossa adoração e devoção influi na nossa forma de lidar com o mundo, com as pessoas e com nós mesmos. Diante disso, vejo de extrema importância qualquer indivíduo ter ciência abrangente de sua fé para que haja coerência na forma como ela leva sua vida.

Bem, como cristão o meu fundamento está na Trindade, nas Sagradas Escrituras, na vida levada em uma comunidade cristã, nas virtudes eternas que são a fé, a esperança e o amor. Mas existe algo que quando entendi mudou toda a minha forma de enxergar as coisas: GRAÇA.

Segue um texto das Sagradas Escrituras que me trás esperança segura para a vida:

E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.
Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.
E aos que predestinou a estes também chamou; e aos que chamou a estes também justificou; e aos que justificou a estes também glorificou.
Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?

Romanos 8:28-31

Sei que para muitos a doutrina da graça é um tanto incompreensível, por isso solicito a ajuda de um dos maiores anunciadores do evangelho em nosso tempo, o grande John Piper.

Graça e paz a todos!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s